Saiba a importância do jejum de dopamina para atingir melhores resultados

Samantha Perlanovx
By Samantha Perlanovx 3 Min Read
3 Min Read
Weber Micael da Silva

Atualmente, percebemos uma grande dificuldade na maioria das pessoas em atingir um estado de concentração e disciplina a fim de desempenharem suas atividades corriqueiras, como laborais e estudos. Pensando nisso, o empresário Weber Micael da Silva propõe uma via que beneficia a produtividade: o jejum de dopamina. Se você deseja entender melhor sobre o assunto, acompanhe o artigo e saiba mais. 

A internet e o smartphone revolucionaram o mundo todo. Hoje, a facilidade de encontrar informações, entretenimento e uma série de outros benefícios é imensa. Com isso, os smartphones tornaram-se uma extensão do corpo humano, aponta o empresário e praticante de um lifestyle saudável, Weber Micael da Silva. Dessa maneira, a grande maioria das pessoas preferem assistir séries, ver vídeos em redes sociais e navegar na internet a estudar, trabalhar e fazer seus afazeres.

Dessa maneira, Weber Micael da Silva explica que ao utilizar de maneira frequente o celular, ou assistir séries e programas de TV, o corpo entra em um estado de vício em dopamina, afinal, debruçado em um tédio resoluto, nas redes socais e na internet no geral facilmente encontra-se meios de distração, gerando a famosa dopamina. Portanto, isso pode ser um verdadeiro vilão quando o assunto é ser mais produtivo. 

Nesse sentido, a proposta de Weber Micael da Silva, defendida por outros estudiosos do assunto, é de promover um jejum de dopamina a fim de promover o cérebro a se acostumar com situações em que a dopamina não estará presente de maneira tão substancial se comparada a redes sociais, séries, filmes etc. 

Ao citar as redes sociais como exemplo de gerador, ainda que pequeno, de dopamina, a estrutura e layout do Instagram remetem a um caça-níquel, desse modo, na esperança de ver algo interessante ou animador, o usuário atualiza a página. Dessa maneira, fica evidente a necessidade de “limpar” o corpo dessa obtenção supérflua de dopamina. O empresário Weber Micael da Silva explica que fazer o jejum de dopamina é como enganar o cérebro para fazer coisas mais difíceis. 

Share This Article
6 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *